Parceiros


Quer fazer uma PARCERIA? Agora é facil, clique aqui

4 de fev de 2009

Entrevista: Rogerinho

Bem galerinha, segue agora mais uma entrevista, o alvo da vez foi o Rogerinho, irmãozão meu ... nos conhecemos a décadas ... jogamos juntos por décadas... e infelizmente agora nos vemos muito pouco... tomamos rumos em cidades diferentes e pouco temos feito para nos ver... mas de qualquer forma... segue ae a entrevista de um grande amigo, que considero um verdadeiro Irmão.

Dados do Entrevistado:

Nome: Rogério Peluso Apelido: Big head, Rogerinho, Cabeça (etc.)

Ano de Nascimento: 1978

Começou a Jogar RPG em que ano: 1992

Estado: SC Cidade: Florianópolis


===================================

  1. Fale um pouco sobre você.

Nascido no Rio de Janeiro, vim para Florianópolis com 15 anos. Aos 16 anos de idade conhecido por intermédio de um amigo de aula, o Meyer. Conheci o sistema GURPS e desde então só tenho jogado este. Tive contato com o sistema D&D desde a primeira edição, mas assumi o GURPS como preferido depois de perceber as inúmeras possibilidades de criação e interação de jogo e entre jogadores.


  1. Quais seus 3 Sistemas Preferidos de RPG (em ordem de preferência).

    1. GURPS 3° Edição

    2. POLAN (desenvolvido pelo Meyer e Gustavo)

    3. Legends of the five rings


  1. Quais suas opiniões sobre os seus 3 sistemas preferidos, conte um pouco sobre as vantagens e desvantagens de cada um dos sistemas.

GURPS - um sistema universal de infinitas possibilidades de criação de personagens, ambientes, histórias e time line. Perfeito para quem gosta de grande gama de informações úteis para uma melhor qualidade do divertimento, sem tornar-se massante.



POLAN - Centralizador de melhores práticas com um rico background dos reinos, estruturas, relações, indivíduos principais e deuses; Sitema de rolagem com 2d10 que na minha opinião é muito interessante pela precisão de acertos e erros... de fácil aprendizado e adaptação.


Legends of the five rings (L5R) - Jogo baseado na cultura oriental, universo de Rokugan, habitada por samurais heróicos, participação ativa do império do sol, divididos por clãs unidos pela necessidade econômica e progresso porém inimigos em vários pontos da história. Terras divididas entre os humanos e a shadow land, local habitado somente pelos demônios orientais sob o comando do Kami Fu Leng. Uma porposta diferente e de rápida adaptação; apesar da rápida adaptação o sistema é praticamente 100% diferente dos outros acima citados. Rolagem de 1 (ou mais) d10.


  1. Quais seus 3 Gêneros preferidos de RPG (em ordem de preferência).

    1. Vampire

    2. Fantasy

    3. Cyberpunk


  1. Quais suas opiniões sobre os seus 3 gêneros preferidos, conte o porque esses determinados gêneros ganharam sua preferência.

Vampire - O primeiro jogo solo que fiz foi Vampire, Meyer mestrando... lembro-me claramente que tive que ler, senão o livro todo, quase todo; para poder entender o ambiente, clãs, interesses, sociedades etc. Neste jogo foi criado meu personagem que perdura até hoje... Victor Demetri; mas creio que hoje ele teria no alto de sua ficha a palavra "VETADO" escrito com caneta PILOT vermelha. " Estamos aguardando os antideluvianos sairem do torpor para continuarmos a batalha decisiva. Glória à Gehenna!

Fantasy - Quer mais divertimento do que poder voltar a época medieval e ainda mais... medieval fantasiosa? (elfos,anões,minotauros,etc.) Tudo nele foi muito bem projetado, detalhes interessantes sobre coisas que nem poderiamos imaginar (sempre leiam as notas laterais... aquelas de letras pequenas que acabam passando desapercebido); um universo a parte. Este gênero foi, é e sempre será abordado sob as mais diversas propostas... isso que o torna digno de respeito.


Cyberpunk - Este gênero tornou-se preferência pois sempre abordará o aspecto bizarro da existência. Um humano que no lugar do braço tem um lança granada... ou uma arma de feixe... laser ou quem sabe plasma. Quer um "deck" na sua cabeça? pode-se colocar um chip sobre um determinado assunto (ou função) e pronto... você tem upgrades. Veículos, formas, tecnologia, detalhes, possibilidades, jogos de poder, viagens espaciais, culturas diferentes, raças, cibernética, etc etc etc. Vale a pena!


  1. Como era sua vida RPGística a muito tempo atrás, quando você começou. (Sensação, Amizades, Interesse, Disponibilidade, Tempo Dedicado, Importância, Sessões, etc.)

As sessões eram (praticamente sempre foram) realizadas na casa de um dos integrantes... regado a pizza, salgadinho, refrigerante (muito!) em ambiente tranquilo e descontraído; claro que houveram momentos de stress e estes, ainda bem, foram resolvidos. O interesse é o divertimento, o interesse sempre esteve presente em todos os jogadores, sempre esperando uma sessão muito boa, daquelas que o cara vai dormir depois e fica vendo imagens no blackout dos olhos fechados, ou nos sonhos como já aconteceu com vários. Infelizmente o tempo passa, o tempo voa e tentamos adaptar este divertimento às mudanças das prioridades... não temos mais a quantidade de tempo livre que tinhamos, mas ainda assim procuramos guardar sempre aquele domingão (algumas horas, de 4 a 6) para podermos matar a vontade e gozar do divertimento garantido.


  1. Como será sua vida RPGística daqui a muito tempo a frente, quando você estiver mais velho.

Pretendo continuar jogando sim! porque não, não é? Se é divertido agora, será divertido até que a lucidez de cada um seja derrubada. Claro que reafirmo o dito da resposta anterior... prioridades e domigos.


  1. Coisas boas que o RPG te trouxe.

Continuidade do hábito da leitura e línguas, grandes amizades (os eternos), divertimento, melhora da oratória, melhora da percepção, criatividade, etc.


  1. Coisas ruins que o RPG te trouxe.

Nada, muito pelo contrário.


  1. Conte seu personagem mais marcante.

Vampire, Victor Demetri, Toreador, 13° geração (criação), 4° geração (último jogo), nasceu sob a mascará Camarila, renasceu na liberdade Sabbath e conquistou sua independência na sociedade Gehenna Bringers. Junto com outros 6 integrantes (cada qual fundadores de novos clãs) estendeu o manto negro da Gehenna inicialmente na América do Norte, virou nações contra nações e trouxe o holocausto ao mundo. Atualmente Victor Demetri está sentado a beira de uma rachadura (fenda) na crosta terreste meditando, junto a seus 6 irmãos, esperando Herodoto (Kindred) acordar do torpor causado pelo acerto de contas contra O Brujah (batalha ocorreu no fundo fenda); do outro lado da fenda estão os antideluvianos, também esperando o Brujah acordar do torpor (Brujah caiu primeiro e Herodoto logo em seguida pois em Frenzi, tentou diableire no Brujah e o sangue estava envenenado (disciplina). Caso tehamos a vitória na próxima batalha entre eles, teremos o passe livre para ir à Caim, e dar-lhe a morte final. Foi escrito pela visionária Infinity (Tremere) : "E o último a cair será Kopeck".


  1. Conte 3 cenas inesquecíveis para você.

A cena que descrevi acima é uma das que melhor consigo imaginar; enfrentar Caim. A segunda: foi de um Minotauro que errante pelo mundo, encontrou um grupo de aventureiros e fizeram história, inúmeras aventuras tornando-se (todos) semi-deus; Valek, seu nome, caminhando em direção aos portões da cidade na ilha dos minotauros tendo que enterrar todos da cidade, inclusive mulher e filhos... também com a ajuda dos amigos que foram para lá. Todos morreram porque o demônio que mantinha o Sultão como prisioneiro pediu algo a altura em troca... Valek ofereceu seu "status" de Rei dos minotauros, então o demônio aceitou e matou todos os minotauros mundo, deixando um rei sem povo para reinar.

A terceira: Um anão dando as costas para um dragão e depois virando "panela do dente", mastigado e engolido.


  1. Conte sobre 2 campanhas que mais lhe marcaram.

Sem dúvida: POLAN (Valek) e Gehenna Bringers (Victor Demetri)


  1. Conte sobre uma cena / situação engraçada que você tenha vivenciado numa sessão de RPG.

Kevin "NoBrain" (Lucas) discutiu com outro kindred, a compra do restaurante que estavamos. (inúmeras propostas milionárias, inclusive um cheque em branco) O dono depois de negar mais de 5 vezes chamou os seguranças para retirá-lo da sala... ele falou que não era preciso aquilo, os seguranças abriram a porta e ele já foi saindo, mas ao passar no batente da porta, Kevin virou-se para o Dono do restaurante e disse apontando o dedo e com uma face séria: "Ei... sorte sua que eu não penso com o cérebro"

?!?!?!?!?! foi o que faltava... sessão interrompida por alguns minutos e o apelido garntido... Kevin "NoBrain", um dos fundadores do Gehenna Bringers, do clã Unbrained.


  1. Para você, cite 5 boas práticas em uma sessão de RPG para o MESTRE:

    1. Definir claramente as regras e regras paralelas se houver.

    2. Preparar-se com antecedência, material, história, trama, etc.

    3. Divertir-se mestrando diverte por consequência os jogadores.

    4. Oratória

    5. Criatividade


  1. Para você, cite 5 boas práticas em uma sessão de RPG para o JOGADOR:

    1. Atenção no jogo

    2. Interpretar o personagem

    3. Divertir-se jogando diverte por consequência o mestre.

    4. Não "mecanizar" o personagem e sim dar-lhe uma história, uma vida.

    5. Não fazer ONF


0 comentários:

 
© 2007 Template feito por Templates para Você